sincromisticismo

Netflix, Operação Lava Jato e o "Smart Power", por Wilson Ferreira

Netflix, Operação Lava Jato e o "Smart Power", por Wilson Ferreira

Categoria: Mídia por Wilson Ferreira O Netflix anunciou para o ano que vem uma série baseada na atual Operação Lava Jato, em cartaz na grande mídia desde 2014, estrelada pelo protagonista Sergio
Por que "O Aprendiz" está por trás das vitórias de Trump e Doria Jr?, por Wilson Ferreira

Por que "O Aprendiz" está por trás das vitórias de Trump e Doria Jr?, por Wilson Ferreira

Categoria: Mídia por Wilson Ferreira Depois da vitória de Doria Jr. nas eleições à prefeitura em São Paulo, o reality show “O Aprendiz” faz mais um vitorioso: Donald Trump, eleito presidente dos
Estranho objeto cai na China e lembra filme "Show de Truman", por Wilson Ferreira

Estranho objeto cai na China e lembra filme "Show de Truman", por Wilson Ferreira

Categoria: Cinema por Wilson Ferreira No dia 12 de dezembro moradores de um remoto vilarejo no interior da China foram surpreendidos com um enorme estrondo. No local, encontraram uma cratera em
Sete filmes que anteviram a crise da segurança no Espírito Santo, por Wilson Ferreira

Sete filmes que anteviram a crise da segurança no Espírito Santo, por Wilson Ferreira

Categoria: Cinema por Wilson Ferreira O cinema e o audiovisual parecem ter o estranho poder de prever cenários futuros: a eleição de Donald Trump, o atentado ao WTC em 2001, o atentado na Maratona
O Coringa retorna com mais "efeitos copycat", por Wilson Ferreira

O Coringa retorna com mais "efeitos copycat", por Wilson Ferreira

Categoria: Cinema por Wilson Ferreira O palhaço do crime está de volta. Só nesse mês de março, dois episódios em países diferentes tiveram o Coringa como elemento motivador em situações violentas:
Bombas semióticas brasileiras (2013-2016): por que aquilo deu nisso? por Wilson Ferreira

Bombas semióticas brasileiras (2013-2016): por que aquilo deu nisso? por Wilson Ferreira

Categoria: Mídia Por Wilson Ferreira Em série de 51 postagens ao longo do período 2013 (iniciado nas chamadas “Jornadas de Junho” das manifestações de rua) até o impeachment em 2016, este