Nothing was found on your request

pnad

Desemprego entre jovens até 24 anos é recorde e vai a 25,7%, diz IBGE

Desemprego entre jovens até 24 anos é recorde e vai a 25,7%, diz IBGE

Taxa é mais do que o dobro da média nacional, de 11,8% É o maior patamar registrado pelo instituto O desemprego para os jovens de 18 a 24 anos é ainda mais desolador do que para o resto da população.
Renda do trabalhador cai pela primeira vez em 11 anos, diz pesquisa

Renda do trabalhador cai pela primeira vez em 11 anos, diz pesquisa

Pesquisa indica que rendimento de todos os trabalhos passou de R$ 1.950 para R$ 1.853. Já o de todas as fontes caiu de R$ 1.845 para R$ 1.746 (-5,4%) Agência Brasil/EBC A renda real - corrigida pela

↳ Brasil ultrapassa a marca de 100 milhões de usuários de internet

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de usuários brasileiros de internet ultrapassou 100

Desemprego é recorde histórico entre jovens de 18 a 24 anos; vai a 25,9%

Entre negros e pardos, está acima da média nacionalSubutilização atinge 24,3 milhões de trabalhadores

Falta trabalho no país para 24 milhões de pessoas, aponta IBGE

Categoria: Trabalho Busca por vaga: parcela que mais cresce é a dos que procuram há mais de um ano ou mais de dois anos CESAR ITIBERÊ / FOTOS PÚBLICAS da Rede Brasil Atual Falta trabalho no país

Desemprego no Brasil tem a maior taxa desde 2012 e atinge 12,9 milhões

A taxa era 9,5% no mesmo trimestre do ano anteriorRendimento médio dos trabalhadores alcança R$ 2.056

Só 3,4 milhões com mais de 15 anos faziam qualificação profissional em 2014

Mais de 40 milhões desejavam participar destes cursos6,6% dos universitários cursavam graduação tecnológica

IBGE: 1,5 milhão de pessoas têm dívidas com empregadores

No Brasil, das 51,7 milhões de pessoas empregadas no setor privado e doméstico, 1,5 milhão tinham algum débito financeiro com o empregador que o impedia de sair do trabalho, o que corresponde a 2,9%
Quase 20% dos trabalhadores são contratados por intermediários

Quase 20% dos trabalhadores são contratados por intermediários

Na agricultura, 41% dos temporários são contratados por empresas e 46%, por "gato" ou empreiteiro Tomaz Silva/Agência Brasil Os empregados contratados por intermediários no Brasil somam 9,8 milhões de

91,3 milhões de brasileiros nunca praticaram esportes, diz IBGE

Número corresponde a 56,6% da população com mais de 15 anos
Se a economia dá sinais de melhora, por que a taxa de desemprego só cresce?

Se a economia dá sinais de melhora, por que a taxa de desemprego só cresce?

As primeiras medidas de austeridade do presidente Michel Temer surtiram efeito nos indicadores econômicos no último ano.A inflação de abril, acumulada no ano, por exemplo, foi de 4,08%, melhor
Se a economia dá sinais de melhora, por que a taxa de desemprego só cresce?

Se a economia dá sinais de melhora, por que a taxa de desemprego só cresce?

As primeiras medidas de austeridade do presidente Michel Temer surtiram efeito nos indicadores econômicos no último ano.A inflação de abril, acumulada no ano, por exemplo, foi de 4,08%, melhor
Taxa de desemprego no país se mantém em 13,3%, diz IBGE

Taxa de desemprego no país se mantém em 13,3%, diz IBGE

A população desocupada chegou a 13,8 milhões de pessoas, permanecendo estável em relação a fevereiro e crescendo 20,4% em relação a maio de 2016 (2,3 milhões de pessoas a maisABR A taxa de desemprego

Desemprego entre jovens diminui no 2º tri, mas continua acima da média geral

Região Nordeste possui o maior números de jovens sem emprego
Desemprego volta a cair e vai a 12,8%, influenciado pela informalidade

Desemprego volta a cair e vai a 12,8%, influenciado pela informalidade

No trimestre, mais 721 mil pessoas começaram a trabalhar, principalmente no mercado informalArquivo/Agência Brasil Influenciada pelo aumento da informalidade no mercado de trabalho, a taxa de

IBGE: Trabalho informal reduz o desemprego para 12,8% em julho

Total de pessoas em busca de trabalho caiu 5,1%, mas número de empregos formais ficou estável. Na comparação com 2016, desemprego segue em alta

IBGE: Trabalho informal reduz o desemprego para 12,8% em julho

Total de pessoas em busca de trabalho caiu 5,1%, mas número de empregos formais ficou estável. Na comparação com 2016, desemprego segue em alta

Taxa de desemprego fica em 12,6% no trimestre encerrado em agosto

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,6% no trimestre encerrado em agosto deste ano. No trimestre encerrado em maio, a taxa havia ficado em 13,3%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e

Desemprego cai para 12,6% em agosto e atinge 13,1 milhões

Taxa é 0,7 p. p. menor que de trimestre encerrado em maioEm 1 ano, sobe 5,4% número de trabalhadores sem carteira