legislativo

Assembleia venezuelana afirma que Supremo deu 1 golpe de Estado

Tribunal decidiu que assume as funções legislativas do paísLíder da oposição afirma que medida instala uma ditaduraPeru retira embaixador e acionará países membros da OEA

Despesa da Câmara sobe 22% em 12 meses; inflação do período é de 5,35%

Foram R$ 338 mi em jan.2016 e R$ 435 mi em jan.2017Pagamento de pessoal representa 94,6% dos gastos no mêsSenado, Supremo e Presidência aumentaram dispêndio
Os poderes e a Justiça nos tempos do golpe

Os poderes e a Justiça nos tempos do golpe

O dia 31 de agosto de 2016, data em que o Senado declarou o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, entrou para a história do Brasil como marco de mais um golpe, agora sem o uso formal da violência

União gasta R$ 179,2 milhões com assessoria de imprensa em 2016

3 agências que mais ganharam ficaram com R$ 122,8 milhões Houve aumento de 28% em relação aos valores de 2015Ao todo, setor movimentou cerca de R$ 2,3 bilhões em 2016
O abuso do poder de Legislar, por Ricardo Prado de Campos

O abuso do poder de Legislar, por Ricardo Prado de Campos

Categoria: Justiça Jornal GGN - "Há temas sobre os quais o Parlamento sequer pode deliberar, e não são poucos. A Democracia é intocável", escreveu o procurador de Justiça em São Paulo, Ricardo
Mulheres foi tema de apenas 2,5% das aprovações da Câmara

Mulheres foi tema de apenas 2,5% das aprovações da Câmara

Categoria: Congresso Jornal GGN - No ano de 2016, a pauta mulheres esteve presente em apenas três projetos de um total de 118 propostas aprovadas pela Câmara dos Deputados. É o equivalente a menos

Moniz Bandeira: Um país que politiza a Justiça, acabou

Categoria: Justiça Patricia Faermann Jornal GGN - "Para o mundo, o Brasil está na lata do lixo. Um Executivo desmoralizado, composto por políticos altamente corruptos, um Legislativo quase todo
Luiz Fux diz que Judiciário pode interferir em erros do Legislativo

Luiz Fux diz que Judiciário pode interferir em erros do Legislativo

Categoria: Justiça Jornal GGN – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, determinou a Câmara dos Deputados refazer a votação do pacote anticorrupção, aprovado na madrugada do dia 30

Kassab defende equilíbrio entre poderes

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, defendeu hoje (1º) uma solução de equilíbrio para a crise que se abriu entre o Poder Judiciário, o Ministério Público e o
Manobra do Congresso para anistiar Caixa 2 depende do Judiciário

Manobra do Congresso para anistiar Caixa 2 depende do Judiciário

Categoria: Justiça Jornal GGN - O projeto no Congresso que criminaliza o uso de caixa 2 não precisa criar trecho para anistiar quem já cometeu a prática até hoje. Isso porque se agora está

Comissão do Senado fiscaliza supersalários no Judiciário

Categoria: Congresso Jornal GGN - Após reunião com integrantes da Comissão Especial do Extrateto e presidentes de tribunais, nesta quarta-feira (16), o presidente do Senado, Renan Calheiros, voltou

Renan busca apoio de Temer e Maia em ações contra Judiciário

Categoria: Congresso Almoço na residência oficial do Senado teve presença de presidente do TCU e de outros ministros e membros do legislativo Jornal GGN - Renan Calheiros avança na contraofensiva
Maioria do STF defende que réu não pode ser presidente do Legislativo

Maioria do STF defende que réu não pode ser presidente do Legislativo

Categoria: Justiça Jornal GGN - Apesar da suspensão do julgamento que impede parlamentares que são réus em ações penais ocuparem a presidência da Câmara ou do Senado, a maioria dos ministros
Gilmar Mendes defende diálogo para superar crise entre Legislativo e Judiciário

Gilmar Mendes defende diálogo para superar crise entre Legislativo e Judiciário

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes defendeu hoje (26) "diálogo institucional" para acabar com a crise institucional entre o Legislativo e o Judiciário, provocada pela

Presidente da Câmara minimiza crise com Judiciário

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), minimizou hoje (26) um possível agravamento do mal-estar entre Legislativo e Judiciário com o agendamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no dia 3,