Nothing was found on your request

justiça militar brasil

O insólito caso do policial militar que roubou um trator em São Paulo

O insólito caso do policial militar que roubou um trator em São Paulo

Sargento foi chamado para averiguar furto em fábrica de Suzano. Voltou dias depois para levar máquina e acabou preso em flagrante
Jacqueline Muniz: “Empregar o Exército no Rio é uma teatralidade operacional de alto custo e baixa eficácia”

Jacqueline Muniz: “Empregar o Exército no Rio é uma teatralidade operacional de alto custo e baixa eficácia”

Especialista critica a intervenção federal e faz radiografia das capacidades e intenções do Exército
80 tiros e o risco da impunidade

80 tiros e o risco da impunidade

Morte de músico no Rio reacende campanha para que militares respondam por crimes na Justiça comum. "Tudo isso junto com governantes que dizem que pode reagir e atirar. Há um impulsionamento que pode
Catador é a segunda vítima da ação do Exército que disparou 80 tiros contra carro de família no Rio

Catador é a segunda vítima da ação do Exército que disparou 80 tiros contra carro de família no Rio

Luciano Macedo foi atingido na mesma ação que matou o músico Evaldo Rosa dos Santos, no último dia 7. Ele tentou socorrer a família que estava no veículo. Catador deixa a esposa, grávida de cinco
Chacina no Rio que pôs o Exército sob suspeita teve investigações arquivadas

Chacina no Rio que pôs o Exército sob suspeita teve investigações arquivadas

Operação conjunta da Polícia Civil e do Exército terminou com oito mortos em novembro de 2017, no Complexo do Salgueiro. Investigação militar não ouviu sequer sobreviventes e familiares de vítimas
Doze militares são denunciados por fuzilamento de músico e catador no Rio

Doze militares são denunciados por fuzilamento de músico e catador no Rio

Ministério Público Militar diz que agentes cometeram homicídio, tentativa de homicídio e omissão de socorro na ação que matou Evaldo Rosa e Luciano Macedo
Justiça Militar investiga civis por desacato mas poupa soldados que matam

Justiça Militar investiga civis por desacato mas poupa soldados que matam

Levantamento inédito da Agência Pública mostra que 144 civis responderam por crimes militares como desobediência e desacato durante Operações de Garantia da Lei e da Ordem