joel ilan paciornik

Ministro do STJ concede prisão domiciliar a mãe de criança de dois anos

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Joel Ilan Paciornik determinou hoje (21) a substituição da prisão preventiva pela domiciliar para Tatiane Gonçalves do Nascimento Silva, mãe de uma