ipp

Índice de Preços ao Produtor acumula alta de 1,71% em 2016

A inflação medida na porta das fábricas, antes da cobrança de impostos e fretes, foi de 1,28% em dezembro, divulgou hoje (31) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação é

Índice de Preços ao Produtor acumula alta de 1,71% em 2016

A inflação medida na porta das fábricas, antes da cobrança de impostos e fretes, foi de 1,28% em dezembro, divulgou hoje (31) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação é

Índice de Preços ao Produtor têm deflação de 0,43% em fevereiro

É a menor taxa desde julho de 2015Em janeiro, IPP havia subido 0,3%

Índice de Preços ao Produtor registra alta de 0,31% em agosto,diz IBGE

O Índice de Preços ao Produtor (IPP) das Indústrias Extrativas e de Transformação teve alta de 0,31% em agosto, divulgou hoje (27) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador

Índice de Preços ao Produtor registra alta de 0,31% em agosto,diz IBGE

O Índice de Preços ao Produtor (IPP) das Indústrias Extrativas e de Transformação teve alta de 0,31% em agosto, divulgou hoje (27) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador

Produtos na saída das fábricas fecham 2017 com alta de preços de 4,18%

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que calcula a variação de preços de produtos no momento em que eles saem das fábricas, fechou 2017 com inflação de 4,18%. Em 2016, o indicador havia ficado em

Produtos na saída das fábricas fecham 2017 com alta de preços de 4,18%

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que calcula a variação de preços de produtos no momento em que eles saem das fábricas, fechou 2017 com inflação de 4,18%. Em 2016, o indicador havia ficado em

Inflação de produtos na saída das fábricas fica em 1,56% em abril

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que mede a variação de preços de produtos industrializados na saída das fábricas, registrou inflação de 1,56% em abril deste ano. A taxa é superior a março deste

Índice de Preços ao Produtor teve alta de 2,33% em maio

Os preços das indústrias extrativas e de transformação (indústria em geral) fecharam o mês de maio com alta de 2,33%, um crescimento de 0,75 ponto percentual em relação aos 1,58% registrados em abril.