escritório do crime

Miliciano e PM ligado a conselheiro do TCE-RJ tramaram morte de Marielle

Acusação é de Orlando CuricicaFalou em depoimento à PFRelatou reunião entre envolvidosConselheiro suspeito de ordenar crime

Investigação do caso Marielle liga Escritório do Crime à família Brazão no RJ

Milicianos ligaram para família BrazãoDomingos é suspeito de ser mandante

Uma pedra sobre o assassinato de Marielle Franco, por Gustavo Gollo

Acaso a denúncia que levou à prisão do réu, não se referia aos mesmos denunciados no artigo de O Globo sobre o “Escritório do Crime”? The post Uma pedra sobre o assassinato de Marielle Franco, por
366 dias sem ela: depósito suspeito e milícias envolvidas na delegacia que investiga caso Marielle

366 dias sem ela: depósito suspeito e milícias envolvidas na delegacia que investiga caso Marielle

A execução da vereadora do RJ e do motorista Anderson Gomes completou um ano ontem (16) e continua sem solução.

As conexões entre os Bolsonaro e milicianos presos pelo assassinato de Marielle Franco

Remontamos aqui a proximidade entre os Bolsonaro e ex-policiais envolvidos na milícia de Rio das Pedras suspeitos de executar morte da vereadora do PSOL. The post As conexões entre os Bolsonaro e
Conspiração 2: A Franquia do Crime, por Gustavo Gollo

Conspiração 2: A Franquia do Crime, por Gustavo Gollo

Terá a Franquia do Crime já dominado meios de comunicação e fração tão grande do estado que se tornou impossível tentar combatê-la? The post Conspiração 2: A Franquia do Crime, por Gustavo Gollo

Conspiração 1: O Escritório do Crime, por Gustavo Gollo

Poderão os meios de comunicação se unir em torno de uma mentira? Não terá tal hipótese um caráter conspiratório, lançando dúvidas inverossímeis? The post Conspiração 1: O Escritório do Crime, por
Tudo o que sabemos sobre a relação do clã Bolsonaro com milícias

Tudo o que sabemos sobre a relação do clã Bolsonaro com milícias

Publicamente, a família se embrenha na defesa dos grupos paramilitares que comandam o crime no Rio de Janeiro desde pelo menos 2003.
314 dias sem ela: operação prende miliciano suspeito de envolvimento no caso Marielle

314 dias sem ela: operação prende miliciano suspeito de envolvimento no caso Marielle

O major da PMRJ Ronald Paulo Alves Pereira foi homenageado pelo então deputado estadual Flávio Bolsonaro em 2004. Flávio empregou mãe e esposa de suspeito foragido que também homenageou.