enric millo

Madri pede desculpas por violência, mas diz que polícia segue na Catalunha

Representante do governo culpa presidente da CatalunhaMas lamenta feridos: 'Não posso deixar de me arrepender'