edição 115

Brasileiros na Guerra Civil Espanhola

Brasileiros na Guerra Civil Espanhola

“Foi na Espanha onde a minha geração aprendeu que se pode ter razão e ser derrotado, que a força pode destruir a alma e que, às vezes, a coragem não recebe recompensa” Albert Camus (1913-1960),
Nas cidades rebeldes da Espanha

Nas cidades rebeldes da Espanha

Uma montanha de flores e crucifixos eleva-se na Plaza del Pilar, em meados de outubro, por ocasião da festa anual de Zaragoza. As ruas borbulham de turistas, as lojas estão lotadas: nada de soviete,

Por que racializar o discurso da esquerda

Em dezembro de 1933, A Voz da Raça, jornal da Frente Negra Brasileira – maior organização negra existente no país até então –, respondia a um boletim “lançado pela canalha
O supermercado do fim do mundo

O supermercado do fim do mundo

Zona Franca: tudo o que o mundo oferece de melhor num único lugar!” Difundida por uma voz rouca, a frase ecoa de uma margem a outra do Estreito de Magalhães. Nessa região sacudida por ventos que,
Vietnã, o polo industrial da vez

Vietnã, o polo industrial da vez

Com os cabelos negros sobre a testa, 50 anos joviais e olhos atentos, Nguyen Van Thien conta que o Partido Comunista Vietnamita (PCV) recruta “soldados do tio Ho para a frente de economia” – em
O caos penitenciário brasileiro

O caos penitenciário brasileiro

É uma das raras imagens tornadas públicas da prisão Vila Independência, em São Paulo: um emaranhado de redes forma uma teia de aranha onde aparecem, aqui e ali, os braços balançando ou as pernas de um
Crime e Estado no Amazonas

Crime e Estado no Amazonas

No fim da tarde do primeiro dia de 2017, muitos moradores de Manaus receberam, pelo celular, mensagens informando vagamente que algo de muito preocupante acontecia na cidade. “A rua tá o foda-se.
Ondas eletromagnéticas, poluição invisível

Ondas eletromagnéticas, poluição invisível

Se a utilização das ondas não é nova, as técnicas utilizadas e a escala de sua aplicação nos projetaram numa nova idade técnica, que leva o uso à quase saturação do espectro hertziano. Não é exagero
Neopentecostais e o projeto de poder

Neopentecostais e o projeto de poder

Com outros pastores e pregadores da Palavra de Deus, fui convidado a falar em uma grande igreja. Pregamos pela manhã e, na hora do almoço, fomos recebidos no refeitório pastoral, para almoçarmos
Reformar para excluir?

Reformar para excluir?

Este artigo, que reflete a opinião do autor, sintetiza um documento elaborado por dezenas de especialistas, que foi organizado pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do
“A América primeiro!”

“A América primeiro!”

Já no primeiro discurso como presidente, Donald Trump rompeu com seus antecessores. Prometendo, com um tom arrogante e o punho cerrado, que “America First” (“A América primeiro”) resumiria a “nova
A volúpia do sangue

A volúpia do sangue

Ninguém imaginava vê-lo novamente, tão categórica se mostrava sua criadora a esse respeito. Mas Anne Rice cedeu. Aos 75 anos, com Prince Lestat1 [Príncipe Lestat] e Prince Lestat et les royaumes
Watch Dogs 2 e a retórica dos games: a interdependência entre dois mundos

Watch Dogs 2 e a retórica dos games: a interdependência entre dois mundos

O videogame não é mais apenas uma forma de entretenimento, mas também uma maneira de compreender o mundo por meio de narrativas. É óbvio que o jogador sabe que o jogo é apenas um jogo; no entanto, nos
Um assassinato cruel

Um assassinato cruel

Há quase cem anos instaurava-se no Brasil o seguro social previdenciário por meio das Caixas de Aposentadoria e Pensões (CAPs – 1923). A justificativa centrava-se no argumento de que o trabalhador
Em nome da lei americana…

Em nome da lei americana…

“Estamos diante de um painel de legislações norte-americanas extremamente complexo, com uma intenção precisa, que é utilizar o direito para fins de imperium econômico e político para obter vantagens
Os medos do Pentágono

Os medos do Pentágono

A recente acusação lançada contra Vladimir Putin, de ter desestabilizado a democracia norte-americana ao interferir no processo eleitoral, inscreve-se diretamente na linha do “pavor vermelho”, um dos