Nothing was found on your request

dreamers

Após decisão de Trump, Tim Cook clama por suporte aos jovens imigrantes e diz em carta a empregados que Apple vai ao Congresso

Após decisão de Trump, Tim Cook clama por suporte aos jovens imigrantes e diz em carta a empregados que Apple vai ao Congresso

Faz meros quatro dias desde que falamos das reações das grandes empresas de tecnologia — Apple inclusa, obviamente — ao prospecto do governo Donald Trump cancelar o programa DACA (Deferred Action for
Apple e outras empresas se juntam em apoio a jovens imigrantes contra decisão de Trump

Apple e outras empresas se juntam em apoio a jovens imigrantes contra decisão de Trump

Não satisfeitas com a decisão do presidente americano Donald Trump de cancelar a iniciativa de proteção para os jovens imigrantes — os chamados “Dreamers” —, a Apple e mais de 100 outras empresas de
Tim Cook e mais de 100 outros CEOs pedem que Congresso dos EUA salve o programa de proteção aos imigrantes

Tim Cook e mais de 100 outros CEOs pedem que Congresso dos EUA salve o programa de proteção aos imigrantes

A cada dia, aproxima-se a data limite (5 de março) que o Congresso dos Estados Unidos tem para passar uma legislação que garanta a permanência — ou ao menos uma continuação provisória — do programa

Governo Trump recorre à Suprema Corte contra decisão que barra política imigratória

Lawrence Delevingne – (Reuters) O Departamento de Justiça dos Estados Unidos pediu na última quinta-feira (19) à Suprema Corte que derrube uma decisão de um tribunal inferior que bloqueou a medida do

Suprema Corte dos EUA mantém proteção do Daca para jovens imigrantes

Suprema Corte dos Estados UnidosREUTERS/Joshua Roberts/Arquivo A Suprema Corte dos Estados Unidos rejeitou hoje (26) uma demanda da administração Trump que pedia a revisão de uma decisão do juiz
Tim Cook afirma que o Apple Music tem agora 50 milhões de usuários e critica tarifas de Trump para a China

Tim Cook afirma que o Apple Music tem agora 50 milhões de usuários e critica tarifas de Trump para a China

O CEO favorito de todo mundo (ou não) está na mídia de novo. Tim Cook sentou-se com o jornalista David Rubenstein, da Bloomberg, para uma entrevista que será exibida na íntegra no seu programa mês que