Nothing was found on your request

brincadeira levada a sério

A seriedade de uma criança no pula-pula

“Fui programado para pular, mas não para me divertir”, disse o pequeno Aristóteles III. O tipo de pirralho que com 7 anos vai ter a própria empresa de venda de sacolé com 18 funcionários e 3 sedes.