Nothing was found on your request

banco central do brasil

Queda de juros de 0,25% é alento para a titubeante retomada da economia brasileira

Queda de juros de 0,25% é alento para a titubeante retomada da economia brasileira

O corte, já aguardado por analistas, é o primeiro em quatro anos. Banco Central justificou redução na taxa por conta da queda da inflação acima do esperado
Banco Central tenta tranquilizar os mercados e evitar os danos do ‘efeito Trump’

Banco Central tenta tranquilizar os mercados e evitar os danos do ‘efeito Trump’

Presidente da instituição, Ilan Goldfajn garante que há fundos suficientes para aguentar a tempestade econômica provocada no Brasil pelo presidente eleito dos EUA. Nesta quarta, nova intervenção
A interminável crise política pode adiar a retomada econômica

A interminável crise política pode adiar a retomada econômica

Delação "do fim do mundo" e o avanço das investigações sobre a chapa Dilma-Temer desestabilizam o Governo e colocam em xeque a habilidade do presidente para aprovar novas reformas
Banco Central acelera corte de juros após bom comportamento da inflação

Banco Central acelera corte de juros após bom comportamento da inflação

Alta de preços cede em 2016 e fecha o ano em 6,29%. Desaceleração faz Copom intensificar corte na Selic, e juros caem a 13% ao ano

Canal de denúncias é o novo impulso nas instituições financeiras

Diante do cenário atual de denúncias de corrupção e desvios nos mais diversos setores, é cada vez mais evidente a necessidade de ações de controle que venham resguardar a integridade e a segurança das
Se a Selic está caindo, por que os juros do cartão de crédito continuam tão altos?

Se a Selic está caindo, por que os juros do cartão de crédito continuam tão altos?

Em agosto, a taxa média do rotativo do cartão de crédito ficou em 397,44%
Entre empregadas domésticas e bancários, bitcoin tem dobro de investidores no Brasil do que a Bolsa

Entre empregadas domésticas e bancários, bitcoin tem dobro de investidores no Brasil do que a Bolsa

Criptomoeda mais popular do mundo já tem mais que o dobro de investidores da Bolsa de São Paulo no Brasil

Prazo para liquidação centralizada agita segmento de facilitadores de pagamento

O Banco Central do Brasil estabeleceu que o crescente mercado de pagamentos tem prazo até o segundo semestre deste ano para fazer a liquidação centralizada de suas operações, como determinam as
Startups do setor financeiro não serão reguladas em demasia, diz Ilan Goldfajn

Startups do setor financeiro não serão reguladas em demasia, diz Ilan Goldfajn

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn Tânia Rêgo/Arquivo?Agência Brasil O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, disse hoje (13) que as fintechs (startups de tecnologia que atuam no

Startups do setor financeiro não serão reguladas em demasia, diz Ilan Goldfajn

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn Tânia Rêgo/Arquivo?Agência Brasil O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, disse hoje (13) que as fintechs (startups de tecnologia que atuam no
Com cenário externo adverso, BC surpreende e mantém taxa de juros em 6,5% ao ano

Com cenário externo adverso, BC surpreende e mantém taxa de juros em 6,5% ao ano

Momento de valorização do dólar e de riscos fez instituição mudar planos e antecipar fim de ciclo de 12 cortes consecutivos da Selic. Banco aponta alta do IPCA em torno de 4% para 2018 e 2019
Campos Neto, diretor do Santander, vai presidir o Banco Central de Bolsonaro

Campos Neto, diretor do Santander, vai presidir o Banco Central de Bolsonaro

Atual secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, segue no cargo. Funções foram definidas por Paulo Guedes