ações afirmativas

Faculdade de Direito da USP adota cota para pretos, pardos e indígenas

A Congregação da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), conhecida como Faculdade do Largo São Francisco, aprovou a reserva de vagas para pretos, pardos e indígenas que ingressarem na

Negros e indígenas terão cotas na pós-graduação da UFMG a partir de 2018

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) aprovou a reserva de vagas para negros, indígenas e pessoas com deficiência nos programas de mestrado, mestrado profissional e doutorado. A medida valerá

Unicamp atinge 50% de alunos oriundos de escola pública; debate racial permanece

Estudantes oriundos de escolas públicas representam, pela primeira vez, metade dos matriculados na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). No vestibular de 2017, o percentual chegou a 50,3% dos

"As cotas raciais são uma política liberal"

Professora do Departamento de Sociologia da USP afirma que as ações afirmativas também possuem um viés meritocrático

"As cotas raciais são uma política liberal"

Professora do Departamento de Sociologia da USP afirma que as ações afirmativas também possuem um viés meritocrático