Mundão Sound System #1: Dago Donato apresenta novidades do batidão global

Facebook
VKontakte
share_fav

Que época maravilhosa para um fã de música viver. Temos acesso à produção musical de tudo o que é canto do mundo, podemos explorar sons gravados em diferentes épocas, conseguimos filtrar e organizar o que é do nosso gosto através de playlists, tipo essa que fizemos compilando algumas Friday Night ” chamou o ganês Zongo Abongo para os vocais dessa faixa que, como o título promete, pode chegar como um raio de sol na sua pista de dança.

3. Thornato - “Back It Up (feat. Zongo Abongo)”
Olha o ganês aqui de novo, dessa vez emprestando os vocais pro produtor sueco radicado em Nova York Thornato na faixa que abre o EP de mesmo nome com elementos de afropop, eletrônica e dancehall.

4. The Survivals - “My Brother”
Faixa que abre a incrível coletânea Gumba Fire: Bubblegum Soul & Synth Boogie In 1980s South Africa , lançada pela Soundway Records. O disco de título auto-explicativo é garantia de diversão de ponta a ponta. Vai na fé.

5. Oumou Sangaré - “Kounkoun (Pedro remix)”
No ano passado a estrela maliana Oumou Sangaré lançou o belo Mogoya , que agora ganha um álbum inteiro de remixes. Entre trampos de feras como Sampha, St Germain e Tony Allen, destaco esse remix cabuloso do português Pedro.

6. Batuk - “Move!”
Batuk é mais um projeto do incansável sul-africano Spoek Mathambo, aqui ao lado da vocalista Manteiga. A faixa abre o EP de mesmo nome, que explora a cultura dos townships através de tracks que agregam elementos de kwaito, afro-house, zouk e hip hop.

7. Dotorado Pro - “Sweet Afrika”
O angolano radicado em Lisboa aparece com este sonzão dois anos depois do EP Rei das Marimbas . A faixa é um afro-house com percussão sincopada, marca registrada da batida dos guetos portugueses.

8. Espacio Dios - “Mangwane”
O jovem produtor sul-africano soltou esse EP Percussive Planet , que é realmente um achado. Ele parte de influências locais pra fazer pop, hip hop e R'n'B cheios de personalidade.

9. Kiss Daniel & Flyboy I.N.C. - “4dayz”
Afro-pop delícia com pegada highlife, diretamente da Nigéria.

10. M.I Abaga - “Lekki (feat. Odunsi, Ajebutter22, Falz)”
Também da Nigéria, afro-house com vocais de rap e um sample que todo brasileiro vai reconhecer.

11. Radio 123 - “Thando”
Essa deliciosa faixa lançada no ano passado puxa o recém-lançado EP da dupla sul-africana que faz indie pop inclassificável repleto de referências locais.

12. Bad Gyal - “Blink”
A sensação espanhola botou na pista seu primeiro disco, Worldwide Angel , apostando em um reggaeton futurista com produções de monstros como Dubbel Dutch, El Guincho e DJ Florentino, responsável por este single.

13. Dengue Dengue Dengue - “Cobre”
No novo EP Son de los Diablos a dupla abandona de vez as raízes cumbieras para se embrenhar cada vez mais em uma eletrônica percurssiva que explora sons afro-peruanos.

14. QOQEQA - “Uva”
Falando em Peru, Ritmo Diablo é uma coletânea que traz um pequeno panorama da nova eletrônica do país, com sons de nomes como Quechuaboi, Deltatron e Elegante y La Imperial. QOQEQA é o novo projeto de Daniel Valle-Riestra, ex-Animal Chuki.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no e Twitter.
Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#spotify
#playlist
#batidão
#sons
#mundão sound system
#dengue dengue dengue
#dotorado pro
#batuk
#bad gyal
#oumou sangaré
#dirtmusic
#thornato
#the busy twist
#the survivals
#kiss daniel
#mi abraga
#radio 123
#qoqeqa