A fúria nas Bolsas se dissipa, mas volatilidade deve seguir nos próximos dias

Facebook
VKontakte
share_fav

Um movimento de pânico se espalhou, nesta segunda, em Wall Street, após o índice de Dow Jones, o principal da Bolsa de Nova York, despencar e fechar a segunda-feira com a maior perda de pontos da história, influenciando Bolsas de valores pelo resto do mundo. Foi a maior queda percentual desde agosto de 2011. Nesta terça-feira, as Bolsas internacionais iniciaram os negócios em queda, ainda repercutindo o tombo. Na Ásia, a bolsa de Tóquio fechou em queda de 4,7%. Na Europa, o principal índice da bolsa de Frankfurt, Alemanha, recuava 2% às 11h, metade da queda registrada no início do pregão.

ver El País
#wall street
#federal reserve
#organismos econômicos
#bolsa valores
#mercados financeiros
#finanças
#américa