Botafogo supera Boavista e assume liderança do Grupo C no Carioca

Facebook
VKontakte
share_fav

O Botafogo assumiu a liderança do Grupo C do primeiro turno do Campeonato Carioca, ao derrotar o Boavista por 1 a 0, em partida disputada na tarde deste domingo, no estádio Nilton Santos. O resultado fez a equipe de General Severiano chegar aos oito pontos ganhos, enquanto o Boavista segue com seis pontos, na segunda colocação. O único gol foi marcado pelo atacante Brenner, cobrando pênalti, no início do segundo tempo.

O jogo foi fraco tecnicamente, mas o Botafogo mereceu a vitória por mostrar um pouco mais de objetividade do que o adversário. O Boavista até começou bem, mas caiu de produção durante a partida e pouco ameaçou o gol defendido por Jefferson.

Na próxima rodada, o Botafogo vai receber o Madureira, no Nilton Santos; o Boavista vai encarar a Portuguesa, na Ilha do Governador.

Atacante Brenner comemora o gol da vitória botafoguense neste domingo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

O jogo – Sob um forte calor, o Botafogo começou a partida tentando fazer valer o mando de campo, enquanto o Boavista adotou uma postura mais conservadora, mas buscando surpreender o adversário com toques rápidos. Aos nove minutos, Leandrão lançou Caio Cezar que se chocou com Marcelo e o árbitro marcou falta para o time visitante. Júlio César levantou na área e a arbitragem marcou falta de ataque.

Aos 14 minutos, Leandrão arriscou da intermediária e a bola passou perto da trave direita defendida por Jefferson. A resposta do Botafogo veio aos 16 minutos quando Leo Valencia ganhou de Pedroso e lançou para Luiz Fernando que teve o chute desviado para escanteio. Aos 21 minutos, Leo Valencia bateu falta na entrada da área, mas a bola bateu na barreira. O meia chileno se queixou da distância da barreira. Na sequência, aos 22, Rodrigo Pimpão foi lançado em velocidade, Julio Cesar hesitou na proteção e quase que o atacante alvinegro conseguiu chegar na bola antes do goleiro Rafael.

Na parada técnica, o técnico Felipe Conceição pediu mais movimentação aos jogadores do Botafogo, mas o time de General Severiano seguiu mostrando lentidão e errando muitos passes. A melhor jogada organizada pelo Botafogo aconteceu aos 28 minutos. Depois de boa troca de bolas, Pimpão recebeu na direita e lançou para a conclusão de João Paulo, mas a bola subiu muito. Aos 30, o time alvinegro chegou muito perto do primeiro gol. João Paulo recebeu de Arnaldo e acertou a trave esquerda, depois de desvio do goleiro Rafael. No rebote, Brener chutou prensado com um zagueiro e a bola bateu na trave direita. Pimpão ainda tentou aproveitar, mas sua bicicleta foi bloqueada pela zaga do Boavista.

O time dirigido por Felipe Conceição controlava a partida e ,a so 42 minutos, Leo Valencia desarmou Thiaguinho na lateral direita e tentou cruzar para a penetração de Brenner, mas o goleiro Rafael se antecipou e fez a defesa.
A melhor chance do Boavista aconteceu aos 44 minutos. Erick Flores bateu falta, Jefferson rebateu para o meio da área e Caio Cezar tentou pegar de primeira, mas jogou para fora. Nos acréscimos, o time de Bacaxá ainda teve a chance de cobrar outra falta na entrada da área, mas o chute de Erick Flores ficou na barreira.

Os dois times voltaram sem mudanças e, antes do primeiro minuto, o Boavista assustou a torcida alvinegra. Após cobrança de falta, Jefferson rebateu mal e Caio Cezar não conseguiu aproveitar o rebote. No primeiro ataque, o Botafogo marcou o primeiro gol, aos quatro minutos. Gilson foi lançado na corrida e levou um tranco do zagueiro Kadu na grande área. O árbitro marcou pênalti que Brenner converteu, chutando com categoria no canto esquerdo de Rafael.

Sem outra alternativa, o Boavista adiantou sua equipe para buscar o empate, enquanto o time alvinegro tentava aproveitar os espaços concedidos pelo adversário. Aos 15 minutos, o Botafogo criou uam boa chance em lançamento de Léo Valencia para Brenner, mas a zaga desviou para escanteio. Na cobrança, Marcelo cabeceou por cima do travessão. Numa tentativa de dar mais objetividade ao ataque, o técnico Felipe Conceição trocou Rodrigo Pimpão pelo jovem Ezequiel.

O Boavista tentava se aproximar da área alvinegra, para buscar o empate, mas o Botafogo bloqueava bem as investidas e evitava que o gol defendido por Jefferson sofresse qualquer tipo de pressão. A partida seguia muito disputada, mas sem criatividade.Aos 31 minutos, Renatinho bateu falta e a bola explodiu na barreira. Aos 34 minutos, Julio Cesar cruzou fechado e Jefferson se antecipou a Leandrão.

Aos 41 minutos, Renatinho bateu falta da esquerda, Rafael defendeu parcialmente, e a defesa aliviou. Logo depois foi a vez de Brenner chutar cruzado para outra intervenção do goleiro adversário. O técnico Felipe Conceição decidiu segurar o resultado e trocou o atacante Brenner pelo volante Dudu Cearense. Nos minutos finais, o Boavista tentou pressionar, mas o Botafogo soube segurar o resultado.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 0 BOAVISTA

Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 28 de janeiro de 2018, domingo
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Gabriel Conti Viana e André Roberto Smith

Cartão Amarelo: Igor Rabello(Bota);Erick Flores, Thiaguinho(BV)
Gols:
BOTAFOGO: Brenner, aos quatro minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jefferson, Arnaldo, Igor Rabello, Marcelo e Gilson; Matheus Fernandes, João Paulo, Leo Valencia(Renatinho) e Luiz Fernando; Rodrigo Pimpão(Ezequiel) e Brenner(Dudu Cearense)
Técnico: Felipe Conceição

BOAVISTA: Rafael, Thiaguinho, Gustavo(Elivelton), Kadu e Julio Cesar; Douglas Pedroso(Vitor Faísca), Willian Maranhão(Marquinhos), Erick Flores, Claudio Maradona e Caio Cezar;Leandrão
Técnico: Eduardo Allax

O post Botafogo supera Boavista e assume liderança do Grupo C no Carioca apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

ver Gazeta Esportiva
#carioca
#brenner
#botafogo