Turquia avança contra milícia curda no Norte da Síria

Facebook
VKontakte
share_fav

Tropas turcas e forças de oposição da Síria atacaram um reduto curdo na região norte da Síria neste domingo, em uma tentativa de expelir da região uma milícia curda apoiada pelos Estados Unidos.

Oficiais turcos afirmam que as tropas entraram na cidade de Afrin um dia após aeronaves e unidades de artilharia turcas na fronteira atacarem alvos curdos. A Turquia considera a milícia curda da Síria um grupo terrorista e uma ameaça de segurança por causa de sua afinidade com rebeldes curdos no Sul da Turquia.

Ontem, a Turquia lançou ataques aéreos em Afrin e fez com que a Rússia retirasse tropas da região. De acordo com o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, os aviões de guerra destruíram quase todos os pontos de controle da milícia curda na cidade. O exército turco disse que cerca de 70 aviões foram envolvidos na operação.

O Ministério de Relações Exteriores da Síria condenou o ataque feito pela Turquia. O órgão chamou a operação de “agressão” e disse que Afrin era uma “parte inseparável da Síria”. Ainda nesta semana, o governo da Síria chegou ameaçar derrubar os aviões da Turquia caso eles atacassem o território sírio.

Soldados turcos são vistos próximos da fronteira com a Síria, na província de Hatay – 21/01/2018AFP
Tropas turcos aguardam antes de atravessar fronteira com a Síria – 21/01/2018AFP
ver Veja
#milícia
#turquia
#síria