Candangão 2018: Juventude e experiência caminham lado a lado

Facebook
VKontakte
share_fav

Gabriel Lima
redacao@grupojbr.com

O Real Futebol Clube, antigo Dom Pedro, foi um dos oito classificados no Candangão do ano passado, mas acabou eliminado nas quartas de final pelo Brasiliense – derrota no jogo de ida
(3 x 0) e vitória na volta (2 x 1). Para 2018, o clube almeja mais e aposta na mescla entre jogadores rodados no cenário nacional e atletas com “gás novo”, oriundos das categorias de base.

O técnico Evilásio de Almeida, por exemplo, foi o responsável por levar a equipe do Núcleo Bandeirante ao título do Campeonato Candango Sub-20 de 2017 e que colocou a equipe brasiliense na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano. E o time tem feito bonito, tanto que alcançou a inédita classificação para a segunda fase da Copinha e hoje encara o Audax-SP, às 18h, em Osasco.

O sucesso é tanto, que o comandante já pensa na volta dos atletas que estão na Copinha. “Alguns já vão se integrar ao profissional. Mesclar a juventude com a experiência é fundamental. Não adianta queremos só jogadores veteranos”, argumentou Evilásio de Almeida.

A estreia do Real-DF no campeonato é justamente contra o algoz da temporada passada, o Brasiliense. “Eu acho que é um começo bom, pois a gente já pega o Brasiliense. Assim, ficamos focados nas outras equipes também”, avisou Evilásio de Almeida.
Experiência
Para ajudar os garotos, o treinador conta com jogadores experientes e com passagens por grandes clubes do futebol brasileiro. Aos 40 anos, Pedro Ayub vai atuar dentro das quatro linhas e acumular a função de diretor técnico do clube. “Estou muito feliz em trabalhar nessa nova função (de diretor). A vantagem de estar no dia a dia é que eu posso mostrar na prática e não só com palavras”, disse o volante, que acumula passagens por Grêmio, Paraná, Avaí, Brasiliense e Brasília.

Outro cigano da bola que defende as cores do Real-DF é Baiano. Aos 39 anos, ele foi revelado pelo Santos também rodou por grandes clubes do futebol, como Palmeiras, Vasco e até o Boca Junior, da Argentina.

Bicampeão do Candangão pelos rivais Brasiliense, em 2013, e Gama, 2015, Baiano quer voltar a levantar o caneco. “Naqueles anos, os técnicos (Márcio Fernandes, 2013, e Gilson Granzotto, em 2015) rodavam muito o elenco. Não tínhamos somente os titulares. Os reservas sabiam que eram importantes, mesmo quando não entravam em campo. Além disso, eu acho que a fome da molecada vai nos impulsionar”, pontuou o meia.

Quando subiu aos profissionais, em 1996, Baiano pôde aprender com atletas como Ronaldão e Zetti. Missão que hoje ele executa com eficiência com a garotada do Real-DF. “Eu fico feliz em ser inspiração para alguns jovens. Mostro que eles não podem se deslumbrar e saber que o futebol mudar a vida desses jovens”, explicou.

Baiano ainda não fala em aposentadoria

Aos 39 anos, Baiano despista ao falar da aposentadoria. Motivado e sem querer pensar no futuro agora, o volante repete as palavras de Zé Roberto, ex-jogador do Palmeiras e que pendurou as chuteiras no fim do ano passado. “É como ele (Zé Roberto) dizia sempre que perguntado sobre isso, eu vou viver cada dia. Eu tinha me preparado para me aposentar dois anos atrás, quando eu voltei para jogar no Gama”, lembrou o meia. “Pelo meu momento e pela alegria de ser referência para alguém, como sou para esses garotos do Real-DF, eu vou vivendo a cada dia. No fim do campeonato a gente conversa”, revelou o experiente jogador.

Hoje Baiano divide a vida de jogador com outros projetos sociais. Ele diz ser uma retribuição por tudo o que o futebol proporcionou em sua vida durante os 22 anos como atleta profissional. “Eu tenho a minha escolinha de futebol, a Brazuquinhas, localizada em Vicente Pires. Eu quero estender as oportunidades que eu não tive para essas crianças”, contou. “A minha ideia é colocar esses jovens jogadores em grandes clubes do Brasil, como já temos no Flamengo, no Goiás, no Vila Nova”, explicou.

Ficha técnica

Real Futebol Clube
Fundação: 22/02/1996
Estádio: Serejão
Capacidade: 22 mil lugares
Mascote: Leão do Vale
Site oficial: www.realfc.esp.br
Títulos: Segunda divisão do Candangão (2002 e 2016)

The post Candangão 2018: Juventude e experiência caminham lado a lado appeared first on JBr..

ver R7