15 passos para aumentar seu carisma

Facebook
VKontakte
share_fav

Muito se discute sobre o perfil de liderança – se é algo com o qual se nasce ou se pode ser adquiridos ao longo da vida. Alguns acreditam que o caráter de um líder é algo que pode ser trabalho por meio da experiência, da formação e do desenvolvimento, enquanto outros acreditam que a liderança é um talento nato.

VEJA TAMBÉM: Como contar piadas pode fazer você conseguir um salário maior

Em um artigo de 2002 da “Harvard Business Review”, Melvin Sorcher e James Brant afirmam: “A nossa experiência nos faz pensar que grande parte da liderança já seja intrínseca à pessoa antes que ela complete 25 anos”. No sentido contrário, um grande banco fez uma tentativa de desenvolver alguns líderes entre os seus 95 mil colaboradores, convencido de que a liderança e a carisma são frutos do desenvolvimento e do ambiente.

Os líderes mais eficientes da história foram rotulados como carismáticos. Os chefes carismáticos são, essencialmente, comunicadores muito hábeis – indivíduos que são verbalmente eloquentes, mas também capazes de se comunicar com seus seguidores em um nível profundo e emotivo. Em outras palavras, são capazes de articular uma visão interessante ou cativante e de suscitar fortes emoções.

Um modelo que representa os melhores líderes é a liderança transformacional. O primeiro componente do modelo é a capacidade de ser um exemplo positivo para os que o seguem. Nos negócios, o líder carismático/transformacional serve, às vezes, como a própria imagem da empresa – o exemplo mais óbvio é Steve Jobs.

A motivação inspiradora é a segunda qualidade dos líderes transformacionais, e é por isso que os profissionais cheios de carisma são notados: por sua capacidade de motivar seus seguidores a alcançar altos níveis e a se engajar com a organização ou com a causa.

LEIA: 6 dicas para causar uma boa primeira impressão

Os outros dois elementos da liderança transformacional são estímulo intelectual (desafiar os seguidores a serem criativos e pensar fora da caixa) e consideração individualizada (ser sensível aos sentimentos e às necessidades de desenvolvimento dos seguidores).

Os líderes transformacionais são carismáticos, mas também são notáveis pela liderança de grupos de alta performance e pelo desenvolvimento da capacidade de liderança nas outras pessoas, além da característica de ajudar o grupo ou a empresa a mudar e inovar. As piores coisas que podem fazer um líder sair do eixo são a arrogância, seguida pela falta de preocupação ou de reação diante de confrontos entre integrantes da sua equipe. Além disso, um líder deve ter sucesso na maioria das vezes e aprender com os erros e reveses.

Estudos do pesquisador Richard Arvey estimam que a liderança é dois terços “adquirida” e um terço formada por “talento natural”. Entretanto, se boa parte da liderança é um conjunto de habilidades e competências, essas requerem tempo para serem desenvolvidas.

Veja, na galeria de fotos, algumas medidas práticas para aumentar o próprio carisma:

iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock iStock

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

O post 15 passos para aumentar seu carisma apareceu primeiro em Forbes Brasil.

ver Forbes Brasil
#carreira
#liderança
#dicas