Kodak vai alugar para você um minerador de Bitcoin

Facebook
VKontakte
share_fav

Eu pensei que essa notícia já tinha parado dentro do racional. Quem não viu (por estar trancado em uma caverna), basta dizer que nessa semana uma empresa, que licenciou o nome Kodak para esse fim, anunciou um serviço de representação, venda e fiscalização de direitos autorais de imagens para fotógrafos. Até ai tudo bem, pois não seria o primeiro serviço a fazer isso. Mas, a novidade total é que a empresa vai criar uma nova criptomoeda para pagar esses direitos. A nova moeda vai chamar-se KocakCoin. Pode parecer estranho, mas muitos especialistas dizem que é uma ideia interessante. Embora não seja diretamente a Kodak que está envolvida nessa aventura, toda essa movimentação causou uma valorização de mais de 300% nas ações da empresa nos últimos dois dias.

Agora a coisa parece estar ultrapassando os limites do sensato. Durante a CES a Kodak (não sei ainda se é a empresa mesmo ou outra companhia que licenciou o nome) anunciou o lançamento de um minerador de Bitcoin. Isso mesmo, uma máquina que tem por único objetivo minerar a famosa criptomoeda. A empresa tem por intenção alugar a máquina e cobrar a bagatela de US$ 3.400,00 por 24 meses de uso. Durante esse tempo você também deve repassar metade do que foi minerado para a Spotlite Energy Systems da califórnia. A máquina, chamada KashMiner, vai minerar, segundo a empresa, um total de US$ 750,00 por mês. Levando em conta esses valores, sobram US$ 375,00 por mês que vão somar US$ 9.000,00 em 24 meses. Menos o aluguel da máquina temos um lucro de US$ 5.600,00 em dois anos.

kodak-kashminer2

Tudo lindo e maravilhoso se não fossem alguns problemas. O primeiro é a variação do valor da moeda. Então é virtualmente impossível saber como estarão esses valores durante 24 meses. O segundo problema é a própria dificuldade de mineração do bitcoin que vem aumentando a cada ano. Segundo Saifedean Ammous, economista de bitcoin (profissões do futuro) a dificuldade de mineração está subindo 15% ao mês. Por conta disso, em 24 meses é quase impossível garantir essa taxa de lucratividade. E, por último, o equipamento da Kodak parece ser uma cópia do Bitmain Antminer S9 com algumas poucas melhorias. Esse equipamento está disponível para compra no mercado por US$ 2.230,00. Ou seja, mais barato do que o aluguel do equipamento da Kodak.

Onde isso vai parar? Ninguém sabe, mas a febre das criptomoedas parece não ter fim.

Fonte: Dpreview.

The post Kodak vai alugar para você um minerador de Bitcoin appeared first on Meio Bit.

ver Meio Bit
#kodak
#ces
#ces 2018
#criptomoeda
#kodakcoin
#kashminer
#minerador de bitcoin