Executivos da Apple recebem ações restritas valendo mais de US$30 milhões

Facebook
VKontakte
share_fav
NASDAQ

Como ocorre regularmente, executivos da Apple receberam mais uma quantia milionária referente a ações da empresa, de acordo com documentos enviados à SEC1.

Estamos falando especificamente de 128.584 unidades de ações restritas no valor acima de US$20 milhões, seguindo o preço da Apple no dia do recebimento. Estas podem ser resgatadas apenas depois de um tempo específico, por se tratar de bônus para incentivar os empregados a permanecerem na companhia.

NASDAQ

Dentre os executivos, Johny Srouji, Phil Schiller, Dan Riccio, Luca Maestri, Craig Federighi, Eddy Cue e Angela Ahrendts receberam 128.584 unidades de ações restritas este mês. Mais 64.885 ações foram distribuídas em 1º/10, enquanto outros 63.699 foram concedidos em 15/10.

Na primeira parcela, o recebimento das ações restritas depende do retorno total dos acionistas da Apple a partir do primeiro dia do ano fiscal de 2018, terminando no último dia do ano fiscal de 2020. Até 200% das ações podem ser resgatadas caso o desempenho da Apple no índice Standard & Poor’s 500 chegue à classificação 85º ou superior em relação a outras empresas.

Se o desempenho da Apple cair, uma porcentagem menor de ações será adquirida, mas caso a empresa atinja seu objetivo, cada executivo poderia receber 129.770 em ações no valor de mais de US$20 milhões, considerando o valor atual da $AAPL. Essa classificação não conseguiu ser alcançada no último índice de ações baseadas em desempenho.

O segundo lote de ações será adquirido ao longo do tempo, sendo que cada executivo receberá o valor total de 63.699 ações somente se permanecerem na empresa. Um terço das ações será adquirido em 1º de abril de 2020, outro terço em 1º de abril de 2021 e o terceiro e último em 1º de abril de 2022. Chris Kondo, diretor sênior de contabilidade da Apple, também recebeu uma prêmio de 12.740 ações, que poderá ser resgatado a partir de 2018.

No máximo, cada executivo poderia ganhar até 193.469 em ações até 2022, que valeriam hoje mais de US$30 milhões.

via AppleInsider

ver Mac Magazine
#executivos
#restritas
#luca maestri
#craig federighi
#eddy cue
#phil schiller
#milhões
#angela ahrendts
#ações
#dan riccio
#johny srouji