Grupo Jari desmente patrocínio do filme Lava Jato e recupera histórico

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Direito de Resposta
Jornal GGN - A vinculação do nome de Sergio Antonio Garcia Amoroso, presidente do JARI, como patrocinador do filme da Operação Lava Jato "PF - A lei é para todos", foi desmentida pelo grupo econômico em artigo enviado ao GGN. Os apontamentos foram iniciados pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo (leia aqui).
"O Inquérito instaurado pela Polícia Federal, depois de muitos meses de investigação, concluiu pela inexistência de responsabilização da Jari Florestal e de seus representantes legais no suposto esquema criminoso organizado para fraudar o sistema de controle de comércio florestal no Estado do Pará", afirmou o grupo.
A resposta foi sobre a coluna "Financiador da Lava Jato é investigado pela Polícia Federal e pelo MPF no Pará", do jornalista Luis Nassif, publicada nesta quarta-feira (30), que relacionou o empresário a investigações do Pará contra a Jari Florestal e seus representantes. O GGN reproduz, abaixo, a íntegra do esclarecimento do grupo ao Jornal:

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#filme
#direito de resposta
#jari
#sergio amoroso
#grupo jari
#sergio antonio garcia amoroso