Polícia Civil faz operação contra ‘curadores’ do jogo Baleia Azul

Facebook
VKontakte
share_fav

A Polícia Civil do Rio de Janeiro, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), cumpriu na manhã de terça-feira (18) mandados de prisão, busca e apreensão em 20 municípios de nove estados do país contra envolvidos no jogo Baleia Azul.

A operação Aquarius busca identificar os chamados 'curadores' do jogo, responsáveis por convencer crianças e adolescentes nas redes sociais a entrarem no fictício jogo Baleia Azul, que envolve, entre outras "missões", isolamento, mutilação e suicídio.

Matheus Silva de 23 anos foi preso na favela Nova Era, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, como informa o portal G1. O jovem confessou que atuava como curador do jogo.

Foram expedidos 24 mandados no Amazonas, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. Apenas um mandado de prisão foi cumprido no Rio de Janeiro. Nos outros estados, a Polícia atua na apreensão de computadores e celulares de suspeitos, no intuito de identificar outros curadores.

Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#adolescentes
#baleia azul