As ameaças e recompensas do PMDB a votantes da denúncia contra Temer

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Congresso
Foto: Valter Campanato - Fotos públicas
Jornal GGN - Enquanto corre o recesso parlamentar, o Planalto atua para dar sinais claros de recompensas e reações à sua grande base na Câmara diante da votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, marcada para o dia 2 de agosto.
Ainda que com baixa adesão a dissidências, o governo calcula pelo menos 8 deputados do PMDB que podem se posicionar contra o mandatário. Ainda que representando um número reduzido diante dos 342 deputados que Temer necessita para se ver livre da denúncia, são mais do que 10% dos 63 parlamentares da bancada.
Aos que permanecerem ao seu lado, o governo já mostrou contribuições em verde. Um total de 39 dos 40 deputados que votaram pela rejeição da denúncia contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara ganharam R$ 266 milhões em emendas parlamentares, segundo reportagem do Estadão.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#partido
#sigla
#recompensas
#denúncia
#ameaças