Morte de violinista provoca dura reação do maestro Dudamel contra Maduro

Facebook
VKontakte
share_fav

Na quarta-feira, o maestro venezuelano Gustavo Dudamel soube da morte de um membro do Sistema Nacional de Orquestras liderado por ele. Armando Cañizales, violinista, 17 anos, foi baleado na cabeça e se tornou a vítima número 34 da última onda de repressão em seu país. Dudamel colocou um sinal de luto em suas redes sociais e em seu site. A pressão para que criticasse o Governo de Nicolás Maduro aumentou e na tarde de quinta-feira lançou um contundente comunicado.

ver El País
#estilos musicais
#música clássica
#gustavo dudamel
#josé antonio abreu