Drake é vítima de racismo em country club da Califórnia

Facebook
VKontakte
share_fav
Drake

Kevin Winter/Getty Images

Saiba detalhes

O rapper Drake, que se reencontrou com Rihanna em uma festa infantil, não ficou satisfeito com o The Madison Club. No último fim de semana, Drake se hospedou no local, que também é um clube de golfe, em La Quinta, na Califórnia, e contou no Instagram que foi vítima de racismo.

JENNIFER LOPEZ DESCONVERSA AO SER QUESTIONADA SOBRE PEDIDO DE CASAMENTO DE DRAKE

O cantor publicou o logotipo do The Madison Club na rede social, e escreveu: “O lugar mais ofensiva que eu já fiquei em minha vida, com a equipe que escolhe quem e onde eles vão acomodar baseado em perfis raciais“. Entretanto, Drake acabou apagando a publicação após a resposta do local, onde ficou hospedado por ser próximo ao Coachella 2017.

DRAKE DESEJA FELIZ ANIVERSÁRIO À RIHANNA DA MELHOR FORMA EM SHOW

Estamos tentando corrigir esse problema o mais rápido possível. A satisfação do cliente é a nossa prioridade. Lamentamos muito o inconveniente e estaremos apresentando um pedido de desculpa formal para você e para o público. Nós também vamos investigar, pois não toleramos a discriminação racial“, escreveu o clube de golfe e hospedagem. Tenso!

Instagram

[scrollGallery id=18916 start=5 autoScroll=false thumbsdown=true]

ver E! Online Brasil
#drake one dance
#drake hotline bling
#drake instagram
#drake e rihanna
#drake músicas
#drake 2017
#drake coachella
#drake coachella 2017
#drake coachella racismo
#drake country club
#drake country club racismo
#drake facebook
#drake fake love
#drake racismo
#drake racismo 2017
#drake rancho racismo
#drake snapchat
#drake the madison club
#drake twitter