Cofecon critica falas de Temer no Dia da Mulher

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Direitos
Sugestão de Igor Felipe Santos
Conselho Federal lamenta falta de reconhecimento do presidente sobre real contribuição da mulher na economia

Jornal GGN - O Conselho Federal de Economia (Cofecon) divulgou uma nota criticando a afirmação do presidente Michel Temer, divulgada em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, onde o peemedebista fez a triste declaração de que a "grande participação" da mulher na economia é indicar os ajustes de preços nos supermercados.
"A afirmação de Michel Temer, limitando a relação das mulheres com a economia à identificação de possíveis desajustes nos preços praticados nos supermercados desrespeita todas as mulheres brasileiras, certamente capazes de compreender as interações das diversas variáveis econômicas com seu cotidiano, mas notadamente às 86 mil mulheres economistas existentes no Brasil", rebate o Conselho.
A entidade completa, que Temer poderia ter aproveitando a oportunidade para "ter reconhecido os preconceitos que as mulheres sofrem no País", elencando uma lista de dados que comprovam a desigualdade de gênero como a salarial, lembrando que as mulheres recebem em média 70% dos salários dos homens.
Segundo a Cofecon, o presidente também perdeu o time para exaltar os avanços conquistados pela luta e perseverança das mulheres, destacando que, nos últimos 25 anos, a porcentagem de mulheres chefiando os lares passou de 20% para 40%. Leia a seguir a nota na íntegra.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#machismo
#cofecon
#dia da mulher
#discurso de temer
#mulher na economia
#sugestão de igor felipe santos