As cinco dificuldades para escrever a verdade, por Bertolt Brecht

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Mídia
Sugestão de Rui Ribeiro

Dramaturgo já apontava a mentira e a ignorância como armas utilizadas para manter a arquitetura opressiva

Jornal GGN - "De que serve escrever frases corajosas mostrando que é bárbaro o estado de coisas em que nos afundamos (o que é verdade), se a razão de termos caído nesse estado não se descortina com clareza?", o questionamento faz parte da conclusão do artigo à seguir, escrito pelo poeta e dramaturgo alemão Bertolt Brecht, em 1934.

Naquele momento ele já apontava a mentira e a ignorância como armas utilizadas para manter a arquitetura opressiva, destacando que o sistema de informações estava já imbricado de tal maneira que era "necessária a coragem de dizer a verdade, numa altura em que por toda a parte se empenham em sufocá-la".

Mas Brecht pontua que o serviço da propagação da informação verdadeira deveria ser realizado com "astúcia", se tratando em viver em um terreno perigoso onde, para um escritor vencer, necessitaria de pelo menos cinco armas: coragem, inteligência, arte, discernimento e habilidade, no caso dessa última, para conseguir difundir a informação.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#texto
#mídia
#midia
#verdade
#escritor
#bertolt brecht
#opressão
#sugestão de rui ribeiro