Realidade Virtual vira arma contra fobias e traumas

Facebook
VKontakte
share_fav

Showmetech

A Samsung traz ao Brasil a segunda edição do programa “Launching People”, desta vez com o mote “#BeFearless: o medo acaba quando a coragem começa”, que tem como objetivo incentivar as pessoas a superarem o medo de alturas por meio da realidade virtual e das ferramentas que a tecnologia disponibiliza.

A realidade virtual pode ajudar em tratamentos médicos.

Para não deixar que o medo paralise a vida, seja nas coisas simples como aproveitar o entardecer na sacada de casa, ou em um momento de aventura com os amigos, a empresa aproveitou a tecnologia desenvolvida para o Gear VR e, em conjunto com profissionais da área médica, desenvolveu uma metodologia que auxilia a lidar com a fobia de altura por meio da simulação da realidade e pelo confronto dos medos em uma ambientação completamente segura.

Os exercícios são praticados por meio de aplicativos projetados para o óculos de realidade virtual Gear VR, acompanhados de um dos smartphones compatíveis com o dispositivo*, e podem ser acessados pela loja virtual da Oculus, no hotsite da campanha ou mesmo pelo canal da Samsung Brasil no YouTube. Basta buscar o termo “BeFearless” e baixar gratuitamente os treinamentos.

Abaixo você confere um tutorial de utilização do aplicativo para tratamento do medo de alturas, também conhecido como acrofobia:

Para uma experiência mais completa, o usuário pode usar o smartwatch Samsung Gear S3 para monitorar os batimentos cardíacos e o Gear IconX, fone de ouvido totalmente sem fio e que torna o som ainda mais próximo à realidade.

Entendendo o Treinamento

O treinamento possui temática diferente, para que o usuário escolha qual ambientação mais se encaixa ao seu perfil. Entre cidade ou natureza, é possível experimentar os dois cenários, seja em paisagens como a travessia de uma ponte pênsil ou uma torre virtual, onde é possível definir a altura da queda para desafiar o medo de altura.

As simulações possuem três níveis: fácil, médio e difícil, e são acompanhadas de avaliações, fase a fase. O resultado final é baseado no número de vezes e por quanto tempo a pessoa olhou para baixo, frequência cardíaca e uma auto avaliação sobre a percepção. Se o resultado for “vamos tentar novamente”, o usuário deve repetir o nível até que se sinta confortável. As simulações são treinamentos para auxiliar o processo, mas o acompanhamento médico e terapêutico são fundamentais na resolução de qualquer questão relacionada à saúde.

Para saber mais sobre a campanha e se cadastrar para receber o passo a passo do Launching People #Befearless acesse este site site. A ação também contempla um aplicativo disponível gratuitamente na loja da Oculus e que também auxilia na melhora do medo de falar em público. O acesso ao aplicativo pode ser feito via Play Store.

Para quem não possui o Gear VR, é possível experimentar os aplicativos #BeFearless nas lojas oficiais da Samsung. Em caso de dúvidas, os interessados podem assistir ao vídeo tutorial, que ensina como instalar o aplicativo:

*O Samsung Gear VR é compatível com os smartphones Galaxy S7, Galaxy S7 edge, Galaxy S7 Edição Limitada Jogos Olímpicos, Galaxy Note5, Galaxy S6 edge+, S6 e S6 edge.

O post Realidade Virtual vira arma contra fobias e traumas apareceu primeiro em Showmetech, escrito por Bruno Ayres Martinez.

ver Showmetech
#fobia
#psicologia
#android
#gear vr
#galaxy s7
#galaxy s7 edge
#cachorros
#medo
#realidade virtual
#tratamento
#prédios
#elevadores
#orientação
#virtual reality
#terapia
#pontes
#galaxy note5
#galaxy s6 edge
#trauma
#befearless
#acrofobia
#alturas
#amsung gear vr
#aracnofobia
#claustrofobia
#escadas
#falar em público
#fobia social
#galaxy s7 edição limitada jogos olímpicos
#launching people
#psicólogo
#psicoterapeuta
#psicoterapia
#s6 edge
#sintoma
#terapeuta