Mulher-bomba com bebê explode mercado nigeriano, diz autoridade

Facebook
VKontakte
share_fav

Uma mulher-bomba detonou explosivos em um movimentado mercado no nordeste da Nigéria com um bebê amarrado nas costas, informou uma autoridade do governo local nesta terça-feira. Além do bebê, a mulher levou para o ataque duas meninas, todas portando explosivos.

O ataque ocorreu a um mercado lotado na cidade de Madagali há onze dias, matando seis pessoas e ferindo dezessete, de acordo com o chefe do governo local de Madagali, Alheai Yusuf Mohammed.

O porta-voz do Exército nigeriano Rabe Abubakar considerou a possibilidade de a mulher pode ter se disfarçado para parecer que carregava um bebê.

Os ataques suicidas a bomba, que têm a marca do grupo jihadista Boko Haram, são comuns no nordeste da Nigéria, o coração da campanha de sete anos dos extremistas para criar um estado islâmico.

O uso de crianças em ataques suicidas pelo Boko Haram aumentou quase cinco vezes desde 2014, com dezenove ataques com crianças, a maioria envolvendo meninas, registradas no ano passado pelo Unicef, o fundo pela infância das Nações Unidas.

Antes dos atentados de Madagali, a criança mais jovem usada neste tipo de ataque era uma menina de nove anos, disse a agência da ONU.

(Com Reuters)


Arquivado em:Mundo
ver Veja
#nigeria