O chavista mais odiado pela oposição é o novo vice-presidente da Venezuela

Facebook
VKontakte
share_fav

Em 1999, quando Hugo Chávez assumia pela primeira vez a presidência da Venezuela, o jovem Tareck El Aissami, nomeado nesta quarta-feira como vice-presidente do país por Nicolás Maduro, era o candidato chavista para o Conselho da Faculdade de Direito da Universidade de Los Andes, a instituição de ensino mais importante da região oeste da Venezuela. Ainda não chegara aos ouvidos do hoje falecido líder bolivariano o suposto ímpeto revolucionário desse jovem filho de drusos nascidos no Líbano. Naquele início de governo, quando Chavez dizia abraçar a terceira via de Tony Blair, esse engajamento era irrelevante. Deixou de sê-lo em 2007, porém, quando Chávez, no início de seu terceiro mandato, se declarou socialista e passou a governar nessa direção, expropriando terras e empresas, e precisava ter ao seu lado homens comprometidos com essa visão geral para poder avançar.

ver El País
#crises políticas
#hugo chávez
#oposição política
#investigação judicial