Dória se inspira em best-sellers sobre manipulação

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Literatura
Como prefeito monta autoimagem usando discurso de “João trabalhador”, mas com ações que deixam escapar sedução pelo poder

Jornal GGN - O prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB) está se inspirando em autores de best-sellers sobre poder, manipulação e dissimulação para montar sua autoimagem. Quem identificou isso, a partir dos discursos e ações do político, é o repórter da RBA, Rodrigo Gomes.
No discurso de posse, por exemplo, Dória usou uma frase do escritor estadunidense Robert Greene. “Sejamos ousados, qualquer erro cometido com ousadia é facilmente corrigido com mais ousadia. Todos admiram os corajosos. Ninguém louva os covardes”, do livro 48 Leis do Poder. Greene é autor de outras obras sobre sedução e controle para se manter no poder. Mais recentemente, ao se vestir de gari para o lançamento do programa São Paulo Cidade Linda, o novo prefeito mostrou contradição entre o que disse e o que fez. Ficou cerca de uma hora conversando com repórteres, cercado de câmeras, afirmando que a sua aparição como gari era uma demonstração de "simplicidade" e "humildade". Em contrapartida só pegou na vassoura para tirar fotos.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#literatura
#arte da sedução
#as 33 estratégias da guerra
#greene
#joão trabalhador
#joost elffers
#lei do poder