Disponível em São Paulo, FemiTaxi oferece transporte exclusivo com motoristas mulheres

Facebook
VKontakte
share_fav

Divulgação A hora delas: FemiTaxi disponibiliza apenas condutoras mulheres para as usuárias do aplicativo

Táxi ou Uber, não importa. Relatos de assédio, abordagens indevidas, comentários constrangedores e outros absurdos, denunciados por passageiras, estão associados a qualquer tipo de transporte particular. Na cidade de São Paulo, esse jogo está para virar, finalmente. Lançado no último mês, o aplicativo FemiTaxi promete o mesmo serviço de transporte, voltado para elas, com um diferencial importante: no app, apenas motoristas mulheres podem realizar as corridas. Sim, agora você pode chamar um táxi de mulher para mulher, sem qualquer receio.

Por enquanto, cerca de 100 motoristas estão cadastradas na plataforma, que conta com o apoio do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores nas Empresas de Táxi no Estado de São Paulo (Simtetaxis-SP). Uma iniciativa semelhante vem rolando há algum tempo no aplicativo 99 Táxis, que disponibiliza a opção por motoristas mulheres. Pensando nessa demanda, a FemiTaxi elaborou estudos para entender se tal serviço exclusivo seria recebido com entusiasmo pelas passageiras.

Dá para imaginar que sim, né? Na pesquisa, realizada com 1,8 milhão de usuários da plataforma, 56,5% das usuárias afirmaram que prefeririam um transporte conduzido por taxistas mulheres. Disponível para iOS e Android, o app funciona da mesma maneira que outros serviços de táxi e carro particular, como o Uber. Depois da corrida, as usuárias podem avaliar o serviço com notas que variam entre 1 a 5 estrelas. Taxistas com nota abaixo de 3,8 serão descadastradas.

Para incentivar o funcionamento do FemiTaxi, que ainda está iniciando as operações, a empresa está distribuindo cupons promocionais de R$ 15 e créditos de compartilhamento para quem divulgar o serviço a amigas e conhecidas, por meio das redes sociais.

ver Virgula
#feminismo
#táxi
#igualdade