ONU dá prazo para governo explicar irregularidades em ação de Lula

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Justiça
Jornal GGN - O Comitê de Direitos Humanos da ONU concedeu um novo prazo ao governo de Michel Temer para responder a esclarecimentos sobre a denúncia protocolada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em julho deste ano. O governo deverá prestar informações, por meio do Ministério da Justiça, sobre denúncia de irregularidades na investigação da Operação Lava Jato, comandada por Sérgio Moro, até o dia 27 de janeiro do próximo ano.
O Comitê também informou aos advogados do ex-presidente que registrou as atualizações enviadas por Lula à ONU. "O recebimento desse novo comunicado da ONU coincide com as primeiras audiências realizadas na 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, que bem ilustraram a ausência de imparcialidade na condução do julgamento de Lula, como assegura o Pacto de Direitos Civis e Políticos da ONU, confirmado pelo Brasil em 1992", manifestaram os advogados.
Segundo Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que integram a defesa de Lula, Moro revelou "profundo desprezo pela atuação dos defensores do ex-Presidente nesses atos, evidenciando suas posições preconcebidas sobre o caso".

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#comitê
#ex-presidente
#irregularidades
#abusos