Promotor pede dois anos de prisão para Neymar por corrupção no seu contrato

Facebook
VKontakte
share_fav

Um promotor da Audiência Nacional da Espanha solicitou nesta quarta-feira uma pena de dois anos de prisão para o atacante brasileiro Neymar, do FC Barcelona, pelo escândalo de corrupção nos negócios relativos à sua contratação pelo clube entre 2011 e 2013. A peça de acusação foi incluída no processo movido na Espanha pela empresa brasileira DIS, anteriormente dona de 40% dos direitos federativos do jogador.

Seguir leyendo.

ver El País
#jogadores
#fc barcelona
#jogador futebol
#esportistas
#sandro rosell
#caso neymar
#josep maria bartomeu
#audiencia nacional
#mercado fichajes
#justiça esportiva
#contratos