“Não aceito homem me dizendo para depilar as pernas”, diz Adele

Facebook
VKontakte
share_fav

Capa da mais recente edição da revista Vanity Fair, a maravilhosa (e geralmente reservada) Adele revelou este mês alguns detalhes inusitados sobre sua vida. Por exemplo: você sabia que ela odeia sair em turnês?

Instagram Photo

“Eu gostaria de continuar gravando discos, mas não me importaria em nunca mais ouvi-los [os aplausos]. Eu vou em turnês simplesmente para ver aqueles que me apoiam. Eu não vou pelo dinheiro”, diz.

Instagram Photo

A cantora conta se sentir extremamente culpada quando fica longe do filho por conta do trabalho. Apesar de hoje se darem superbem, a relação dos dois nem sempre foi fácil para a cantora: em 2012, ela sofreu de depressão pós-parto.

“Eu não conversava com ninguém sobre isso. Eu estava muito hesitante… me sentia muito inadequada”, confessa. “Eu me sentia como se tivesse feito a pior decisão da minha vida. Um dia, disse [sobre a maternidade] para uma amiga: ‘eu estou odiando essa merda’. Ela começou a chorar e me disse: ‘eu também odeio essa merda’. Estava feito. Tirei um peso das minhas costas!”.

Instagram Photo

Ao longo de seus 28 anos, Adele passou por várias crises de depressão. A primeira foi aos 10, depois da morte do avô. “Eu sou muito ‘disponível’ à depressão”, ela conta. “Posso entrar e sair dela com alguma facilidade”.

A atriz conta ainda ter medo de ter outro filho, depois da experiência que teve após o nascimento do primeiro.

Em outro momento da entrevista, Adele falou sobre outros assuntos mais leves – mas também bastante íntimos. Bem-humorada, a cantora admitiu algo pelo qual toda mulher já passou, mas que poucas têm “coragem” de admitir em público: recentemente, ela passou um mês inteiro sem raspar as pernas. A entrevistadora perguntou se o seu namorado, Simon Konecki, se importava com isso. “Ele não tem escolha”, respondeu a moça. “Não aceito homem me dizendo para depilar a porra das minhas pernas. Depile você as suas”.

La-crou!

ver M de Mulher
#adele
#família
#depressão
#pós-parto
#vida de artista