Entrevista: Jony Ive conta sua experiência na criação do novo MacBook Pro

Facebook
VKontakte
share_fav
MacBook Pro Touch Bar

Depois do evento especial da Apple na última quinta-feira (27/10), as atenções estão voltadas ao novo MacBook Pro. Na semana passada, a CNET conversou com alguns executivos da Maçã sobre seu novo computador e, ainda no mesmo assunto, agora o site publicou uma entrevista exclusivamente com o diretor de design1, Jony Ive.

MacBook Pro Touch Bar

A grande novidade dos novos MacBooks Pro é obviamente a Touch Bar, sobre a qual já publicamos todos os detalhes aqui no MacMagazine. Na entrevista Ive disse que, antes de decidirem definitivamente por ela, já estavam explorando a ideia de um trackpad maior e com um feedback háptico mais requintado; ele afirmou que experimentaram diversos designs que faziam sentido teoricamente mas, no fim, acabaram sendo descartados.

Ainda no campo das ideias, Ive citou que ele e sua equipe procuravam algo que fosse, ao mesmo tempo, “contextualmente específica e adaptável” e também “mecânico e fixo”. O mais difícil do processo — ele explica — é que precisam primeiro ter protótipos de software e hardware suficientemente bons para, só depois, decidirem se aquilo é uma ideia válida ou não.

Outra preocupação que Ive pontuou é que, ao mesmo tempo em que pensavam na inovação, precisariam achar uma maneira de fazer o que gostariam sem comprometer o produto final — que eles também estavam projetando para ser fino, mais leve e mais potente.

Ao ser perguntado sobre se as expectativas dos usuários o pressionaria, Ive explicou que não criaria algo apenas para ser diferente.

Nós não nos limitamos em até onde a gente vai — se for para chegar a um lugar melhor. O que não fazemos é simplesmente criar algo diferente que não seja para o melhor. Eu já falei sobre isso antes e a Apple também: fazer algo que é diferente é realmente relativamente fácil e relativamente rápido, o que é tentador.

O entrevistador perguntou, então, se a razão para não vermos MacBooks Pro com telas sensíveis ao toque seria por ser uma “ideia fácil e rápida” (portanto, conveniente) ou se realmente queriam ir em direção contrária. Ive é taxativo quando responde que, pelos testes que realizaram há muitos e muitos anos, concluíram que uma tela multi-touch em um Mac não seria o uso mais “apropriado” ou “particularmente útil” para ela.

Por fim, o entrevistador perguntou o porquê da afirmação anterior e Ive finalizou dizendo que “por diversas razões”, mas não poderia explicar mais nada sem que entrasse nos detalhes em coisas nas quais já estão trabalhando internamente.

A entrevista completa, em inglês, pode ser encontrada neste link.

[via MacRumors]

ver Mac Magazine
#macbook pro
#design
#inovação
#macbook
#designer
#laptop
#touchscreen
#touch bar
#notebook
#ideia
#ive
#jonathan ive
#jony ive
#multitouch
#tela sensível ao toque