Pouca chuva fará conta de luz ter custo adicional em novembro

Facebook
VKontakte
share_fav

A bandeira tarifária para o mês de novembro no Brasil será amarela, o que representa custo de 1,50 real a cada 100 kWh consumidos, informou nesta sexta-feira a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A decisão ocorreu porque a falta de chuvas em afetou os reservatórios das hidrelétricas.

O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado em janeiro de 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, mais cara do que a energia de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia elétrica em função das condições de geração de eletricidade.

Quando chove menos, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. A bandeira estava verde desde abril, o que significa que não houve custo adicional nesse período.

(Com Reuters)


Arquivado em:Economia
ver Veja
#aneel
#conta de luz
#hidrelétrica