Tradicional casa de SP, Hangar 110 anuncia que irá fechar as portas em 2017

Facebook
VKontakte
share_fav
Fresno foi uma das bandas a se apresentar no Hangar 110

Bruno Guerra/Divulgação Fresno foi uma das bandas a se apresentar no Hangar 110

Leia mais

O rock underground perdeu um de seus maiores símbolos na cena paulistana. Na madrugada desta quinta-feira (20), o Hangar 110 anunciou que irá encerrar suas atividades em 2017 após 18 anos ajudando a revelar diversas bandas de rock.

A informação foi confirmada pelo dono da casa, Alemão, durante festa de aniversário da casa na noite passada. Ele fez um longo discurso agradecendo público, bandas, sócios e patrocinadores pelos anos que se passaram. Ele também criticou a geração atual, que, segundo ele, por conta da internet, criou uma nova concepção de banda onde se pensa em fazer sucesso e não se divertir.

CPM 22 nasceu praticamente junto com o Hangar

Maikon Batista/Divulgação CPM 22 nasceu praticamente junto com o Hangar

Segundo Alemão, o público também mudou, tornando-se mais “preguiçoso” e comparecendo menos aos shows justamente por conta da facilidade encontrada na web. Para ele, neste cenário, locais como o Hangar perdem sua relevância e razão de existir

Localizado na Rua Rodolfo Miranda, número 110, Bom Retiro, centro de São Paulo, o Hangar 110 ajudou a popularizar o movimento punk rock e hardcore brasileiro e revelar nomes como Dead Fish, Hateen, Street Bulldogs, CPM 22, Nx Zero, Holly TREE, Gritando HC, Blind Pigs, Dance Of Days, Sugar Kane, Fresno e tantos outros grupos de todos os cantos do Brasil.

Veja o momento em que o anúncio foi feito:

ver Virgula
#rock
#hangar
#hangar 110
#hardrock
#underground