Colômbia se torna uma potência emergente na América Latina

Facebook
VKontakte
share_fav

Mais de meio século depois das guerrilhas começarem a assolar o país e 22 anos depois da polícia matar o narcotraficante mais famoso do mundo, Pablo Escobar, no alto de um telhado de Medellín; a imagem da Colômbia como um país levado ao colapso pela violência desapareceu vertiginosamente. O país que nasceu livre como eixo principal do projeto de Simón Bolívar de criar a Grande Colômbia, voltou a acreditar que pode ser dono de seu destino e ser tão grande como se propunha. Os colombianos já enxergam o fim do conflito interno mais longo da América Latina, um dos mais sangrentos e que mais refugiados causou.

Seguir leyendo.

ver El País