As 5 melhores cidades do Brasil para praticar esportes aéreos

Facebook
VKontakte
share_fav

“Às vezes é preciso ir muito alto para compreender o quão pequenos somos”. Essa foi a frase utilizada por Felix Baumgartner no final de 2012 logo após se tornar o primeiro homem a quebrar a barreira do som em queda livre.

Para tal façanha, Felix fez parte do programa Red Bull Stratos, um projeto de 5 anos de trabalho árduo. Em uma capsula projetada para alcançar a estratosfera, ele pulou de exatos 39.045 metros de altura, protegido apenas por um traje pressurizado. Em 4 minutos e 19 segundos, Felix alcançou a impressionante marca de 1.342,8 Km/h (equivalente a 373 metros por segundo).

Bom, apesar de um salto como esse realizado por Felix ser privilégio para poucos (ou para ele, somente), existem muitas opções para quem deseja explorar os próprios limites. Então fizemos uma pequena seleção com as melhores localidades do país para se praticar alguns esportes aéreos.

E além da topografia ideal para o exercício de tais práticas, as belas paisagens naturais dos destinos abaixo são dignas da diversidade brasileira.

Aproveite, hombre:

1# Governador Valadares – MG (Parapente)

Com pouco mais de 1.100 metros de altitude, o pico de Ibituruna é a principal razão para que Governador Valadares seja considerada, por muitos, a capital nacional do voo livre. Lá estão instaladas diversas rampas de decolagem de asa-delta e parapente que atraem pessoas do mundo todo. A cidade mineira, inclusive, já sediou a Superfinal da Copa Mundial de Parapente.

Ao todo, são quatro rampas de madeira e mais 10 rampas naturais, o que possibilita várias decolagens ao mesmo tempo.

Para mais informações visite o site da Associação Valadarense de Voo Livre.

2# Toledo – PR (Paramotor)

toledo-paramotor

Se você procura um bom lugar para um voo de paramotor, saiba que a cidade de Toledo (região próxima a Cascavel) é um dos melhores locais no Brasil para esta modalidade. Os bons ventos durante quase todo o ano acabaram propiciando o desenvolvimento do esporte na região.

Além disso, a vantagem do paramotor, quando comparado aos outros esportes, é que não requer uma montanha (ou algo do tipo) para decolar – a decolagem pode ser feita até mesmo em locais planos. A região já recebeu a Primeira Copa América de Paramotor.

Para mais informações visite o site da Confederação Brasileira de Paramotor.

3# Rio Claro – SP (Balonismo)

rio-claro-balonismo

Só para ter uma ideia de como a cidade é bem conhecida entre os aficionados por balões, ela recebeu no ano passado a 21ª edição do Campeonato Mundial de Balonismo, que contou com competidores de 32 países.

Não é raro avistar balões sobrevoando a cidade em dias comuns. Favorecida pelo relevo, Rio Claro é, talvez, o melhor local nacional para se fazer o primeiro voo de balão.

Para mias informações visite o site da empresa RR Balões.

4# Quixadá – CE (Asa Delta)

asas-delta-quixada

Destino certo para os amantes de esportes radicais, a cidade vem ganhando cada vez mais prestígio internacional. Com uma das principais rampas de voo livre do mundo, Quixadá é considerada um dos melhores locais para a prática da asa delta no planeta.

Na região, devido às condições climáticas, é possível que praticantes experientes realizem voos de asa delta de mais de 300 quilômetros de distância facilmente.

Para mais informações acesse a .

5# Boituva – SP (Paraquedismo)

paraquedismo-boituva

Assim como Rio Claro, algumas outras cidades do interior paulista reúnem condições perfeitas para a prática de esportes aéreos. É o caso de Boituva que, a pouco mais de 100 km da capital, abriga o Centro Nacional de Paraquedismo, a maior área da América Latina e umas das maiores do mundo reservadas ao esporte.

Para mais informações acesse o site Paraquedismo Boituva.

O post As 5 melhores cidades do Brasil para praticar esportes aéreos apareceu primeiro em El Hombre.

ver El Hombre