Mostra no Masp revê as joias da arte italiana de seu acervo

Facebook
VKontakte
share_fav

Um bebê se equilibra num parapeito, no limite entre o quadro e o mundo real. Suas mãozinhas no pescoço da mãe também estão entre a carícia e um gesto meio agressivo, quase um estrangulamento. Nessa tela de Giovanni Bellini, do século 15, o menino Jesus e a Virgem Maria passam longe da ternura, habitando o plano frio e distante do divino. Leia mais (06/26/2015 - 02h15)

ver Folha de S.Paulo - Ilustrada