Juiz Moro nega convocação de ministro como testemunha de ex-petista

Facebook
VKontakte
share_fav

Titular das ações penais da Operação Lava Jato, o juiz Sergio Moro rejeitou um pedido da defesa do ex-deputado André Vargas, que se desfiliou do PT, para que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, fosse ouvido como testemunha. Para o magistrado, o pedido era "manifestamente irrelevante" e "diversionista". Leia mais (06/25/2015 - 19h15)

ver Folha - Poder