Seis executivos viram réus por cartel no Metrô

Facebook
VKontakte
share_fav

Seis executivos das empresas Alstom, Tejofran, MPE e Temoinsa se tornaram réus na Justiça em São Paulo sob acusação de terem formado um cartel e fraudado licitações para a reforma de duas linhas do Metrô (a 1-Azul e a 3-Amarela) e a modernização de 98 trens em São Paulo. Leia mais (06/24/2015 - 22h11)

ver Folha - Poder