Site espanhol promove educação sexual a partir de vídeos pornô

Facebook
VKontakte
share_fav


Há três meses, a equipe do site espanhol Pornoeducativo produz vídeos "pornográficos" em que um casal mostra de forma explícita o que é preciso fazer, de forma responsável, segura e saudável, em situações relacionadas ao sexo - transtornos sexuais, masturbação, menstruação, ejaculação feminina, sexo oral e anal - com fins educativos.

O objetivo da plataforma é que as pessoas falem sobre sexualidade com tranquilidade e sem preconceitos: "Queremos ajudar os usuários e romper os mitos relacionados às práticas e aos transtornos sexuais", aponta Adrián Pérez, diretor de comunicação do projeto. Por isso, os idealizadores tratam o tema escolhido sem tabus, e contam, para tanto, com sexólogos e psicólogos que guiam os conteúdos, além de publicitários e comunicadores.

A equipe do Pornoeducativo acredita que a plataforma é "totalmente viável" para chegar a centros de saúde e universidades. "Para nós seria um orgulho poder dizer que colaboramos com o nosso grãozinho de areia para que a educação sexual no mundo seja de fato uma educação sexual."

Além de ser um projeto inclusivo e direcionado a diferentes perfis, em respeito às normas legais em vigor na Espanha, a plataforma está dirigida apenas a pessoas maiores de idade, ainda que eles acreditem que esse critério deveria ser diferente para que quando a pessoa descobrisse sua sexualidade, independente da idade, soubesse como encará-la.

*Matéria original publicada no site espanhol Yorokobu

ver Brasil Post - Blog