21 investigados na Lava Jato estiveram 118 vezes na Petrobras, aponta registro

Facebook
VKontakte
share_fav

Registros da Petrobras analisados pela Polícia Federal mostram que 21 políticos investigados no STF (Supremo Tribunal Federal) por suposta participação no esquema de corrupção na estatal estiveram 118 vezes no prédio principal da empresa, no Rio de Janeiro, entre 2007 e 2012. A maior parte das visitas foi feita ao ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, que se tornou um dos delatores da Operação Lava Jato, mas há compromissos até com a ex-presidente da estatal Graça Foster. Leia mais (06/23/2015 - 00h17)

ver Folha - Poder