Fotógrafo acusa Taylor Swift de não pagar direitos: “Como você é diferente da Apple?”

Facebook
VKontakte
share_fav

Após criticar o não pagamento de direitos aos músicos pela Apple Music (serviço de streaming da marca norte-americana a ser lançado, leia mais aqui), em carta aberta, a cantora Taylor Swift recebeu outra carta, do fotógrafo britânico Jason Sheldon, que questiona a política de pagamento de direitos autorais das fotos de turnê por Taylor.

Serviço de streaming Apple Music é lançado com a presença do rapper Drake.

“Como você é diferente da Apple?”, diz ele, em texto publicado em seu blog pessoal, e que acompanha uma imagem com um suposto exemplo de contrato para fotos de turnê da cantora. “Se você não gosta de ser explorada, tudo bem... faça um grande comunicado sobre isso e terá meu apoio. Mas que tal ter certeza de que você não é culpada por usar a mesma tática antes de acusar outra pessoa?”

Se Taylor, em sua carta à Apple disse: “Não pedimos a vocês iPhones de graça. Por favor, não nos peçam para fornecer musicas sem compensação financeira”, Sheldon se apropriou da mesma retórica: “Fotógrafos não pedem sua música de graça. Por favor, não nos peça para prover-lhe com seu material de marketing de graça”.

Saiba quem são as cinco pessoas mais poderosas no mundo do streaming musical.

Não muito tempo depois, entretanto, um representante de Taylor Swift defendeu a cantora. Segundo ele, o acordo foi “deturpado” em relação à questão gerada, e “qualquer fotógrafo trabalhando na turnê mundial de 1989 tem a oportunidade de usar as ditas fotografias posteriormente com aprovação da administração.”

“Outra deturpação é a alegação de que os direitos autorais dos fotógrafos ficarão com qualquer pessoa que não o fotógrafo – este acordo não tira os direitos autorais dos fotógrafos”, acrescentou o representante da cantora.

Os melhores discos internacionais de 2014.

No Twitter, Sheldon ainda retomou a discussão. “Para constar, eu nunca aleguei que eles tiravam nossos direitos autorais”, escreveu ele. “Apenas os direitos de usar e dar nossas fotos no mundo inteiro pela eternidade.”

Veja o tuíte abaixo.



ver Rolling Stone Brasil