Suspeito de manipular resultado em 2013, Amarilla é afastado no Paraguai

Facebook
VKontakte
share_fav

Reveladas nesta segunda-feira, escutas telefônicas do ex-presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona, estão repercutindo fortemente no futebol sul-americano. Citado como pelo falecido dirigente como “reforço” do Boca Juniors em 2013 - possivelmente nas polêmicas oitavas de final da Libertadores contra o Corinthians, o árbitro Carlos Amarilla foi afastado pela Associação Paraguaia de Futebol. Os assistentes Rodney Aquino e Carlos Cáceres, que trabalharam no duelo realizado no Pacaembu, também foram suspensos pela entidade.

ver Gazeta Esportiva - Seleção brasileira