Assim é a proposta da Grécia à União Europeia para fechar acordo

Facebook
VKontakte
share_fav

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, aceitou finalmente as metas fiscais fixados pelos credores na proposta apresentada nesta segunda-feira, em Bruxelas, durante a cúpula que reúne 19 ministros de Finanças do euro. O texto de 11 páginas, obtido pelo EL PAÍS, traz as propostas de 1% de superávit primário (sem contar os juros) em 2015, 2% no próximo ano, 3% em 2017 e 3,5% em 2018.

Seguir leyendo.

ver El País