Lauryn Hill revela canção com sample de Nina Simone

Facebook
VKontakte
share_fav

Poucos dias depois de divulgar uma cover para “Feeling Good”, de Nina Simone (veja aqui), Lauryn Hill revelou um trecho de outra faixa, intitulada “I've Got Life”, uma nova composição construída com base do single “Ain't Got No, I Got Life”, lançado por Nina em 1968.

Assista ao primeiro trailer de documentário sobre a lenda Nina Simone.

“Achei propício compartilhar isso agora”, escreveu Lauryn em suas contas oficiais nas redes sociais sobre “I've Got Life”, lançada três dias depois do tiroteio em Charleston, na Carolina do Sul, no qual nove negros foram assassinados por um jovem.

“Watch the words, how they twist them/Two-thirds of the world turned victim/Subtle energy that capture and block chi/The unseen violence behind a democracy/Some call it hypocrisy”, versa Lauryn em forma de rap na canção de teor político, uma das seis em que ela contribuiu para a compilação a ser a lançada Nina Revisited: A Tribute to Nina Simone.

Ouça abaixo.

Nina Revisited: A Tribute to Nina Simone sairá em 10 de julho e traz também Usher, Mary J. Blige e Common, entre outros. Além de “Feeling Good” e “I've Got Life”, Lauryn também faz uma covers de “African Mailman”, “Black Is The Color Of My True Love's Hair”, “Ne Me Quitte Pas” e “Wild Is the Wind”, faixa popularizada posteriormente por David Bowie.

Lauryn Hill compartilha vídeo de seu primeiro show pós-prisão.

Em comunicado, a cantora explicou o trabalho em Nina Revisited, que acompanha o documentário da Netflix What Happened, Miss Simone?. “Eu me alimentei da música dela, como minha alimentação básica. Eu acreditei que sempre tive o direito de ter uma voz. O exemplo dela é uma forma clara de suporte para uma geração precisando achar o próprio suporte. Que presente.”

Dirigido por Liz Garbus (Love, Marilyn), What Happened, Miss Simone? (que estreia em 26 de junho) apresenta material de arquivo e gravações raras e conta a história da artista, falecida em 2003, aos 70 anos, pelas próprias palavras dela. Mary J. Blige e, eventualmente, Zoe Saldana (Avatar) foram cotadas anteriormente para atuar em uma biografia intitulada Nina, mas o projeto ainda não saiu do papel.

ver Rolling Stone Brasil